Coleção de Frases e Pensamentos de Maria Luz


1.610 frases


Maria Luz
Deve-se pedir desculpas? Porque não?
Antes pedir desculpa, do que não ter a humildade para tal gesto... Claro que Não faz esquecer, o que foi dito ou feito mas pode amenizar a situação.
Também depende da forma que é feito o pedido de desculpas. Porque quando o pedido de desculpas é feito com sinceridade e não apenas para abafar ou fazer calar a pessoa ofendida, é bem vindo.
Mas segundo a minha maneira de ver, o que aconteceu não se esquece, a mágoa pode passar, mas transforma-se num sentimento de pé atrás. De não confiar mais tão fundo na pessoa...
Depois, ainda existem os que nem desculpa pedem, que fingem que nada aconteceu, que foi banalidade e ainda por cima tentam reverter a situação e tentam fazer com que nos sintamos culpados, os errados.
Mas tudo varia de pessoa para pessoa, esta é a minha maneira de ver as coisas quanto ao pedido de desculpas.
Por isso eu acredito que o melhor é evitar ofender para depois pedir desculpas esfarrapadas, porque as desculpas não resolvem tudo. Muitas vezes, creio que até dão ao outro como que uma permissão para pensar que pode errar/magoar de novo.
Em relação a esquecer, vai depender de cada um. Eu, falo por mim, não esqueço, mas lembro-me sempre de que sou humana e que também posso falhar com os outros, e como dizia a minha avó " Quem nunca não falhou na vida? E para que viver a remoer o passado?" Por isso, libertemos, porque é o melhor da nossa evolução espiritual.
Para mim, prefiro que me peçam perdão, porque Perdão é um arrependimento profundo,Desculpa é o contrario, mais me parece uma permissão para voltar a fazer!
O Perdão é um gesto do coração!...Pior é quem não tem essa capacidade!
Por isso, desde já peço PERDÃO a TODOS a quem já magoei ou ofendi sem me aperceber!
Perdão é um dom divino.

Maria Luz
Gosto da natureza. De tudo que nela existe.
Para mim tudo tem beleza, mesmo as intempéries. É que depois delas vem sempre a bonança.
Vem um circulo de confiança, de segurança para seguir um caminho.
Eu gosto da força da chuva e do seu "cantar", da força do vento e como ele "assobia", da força do mar e de como ele me sabe "limpar", e neste caso é para dizer que há mares que vêm por bem. É que eu e ele somos muito parecidos, pois ambos temos dias cinzentos, dias de revolta!
Gosto de observar os clarões dos grandes trovões, esse fenómenos sonoros que fazem a terra tremer, que fazem brilhar o céu, mas que com seus "desenhos" o enfeitam de ziguezagues de todos os tamanhos e feitios. Gosto do granizo que cai e fica a derreter na terra, como se com ele traga um segredo que só ele encerra!
Gosto do sol, mesmo que seja de lascar, porque sabe muito bem sentir a energia que Deus por ele nos envia.
Gosto dos animais, pois eles embelezam ainda mais a nossa vida, com seus cantos e chilreio, com seu miar e ladrar, e principalmente a sua companhia (de alguns claro).
Se eu fosse a dizer tudo o que gosto e amo na Mãe Natureza nunca mais daqui saía, pois tudo para mim é beleza, é poesia!
Mas é exactamente no meio a este conjunto de gostos, em que alguns se não a maior parte são adversidades que eu cresço e evoluo. Infelizmente, é verdade!
E isso, acontece-me porque cada vez que eu enfrento uma adversidade, que penso que no meu túnel não vou encontrar luz alguma, é quando eu atravesso e dou de caras com o arco -íris.
E fico ali, a olhá-lo, a contemplar a sua beleza, a confirmar mais uma vez entre inúmeras outras de que Deus NUNCA se esquece de mim. De que a aliança que Ele fez há muitos anos atrás connosco continua a mantê-la.
Sou grata a Deus por me ter concedido o privilégio de contemplar a beleza que existe por detrás de toda a escuridão que muitas vezes já se me deparou!.

Maria Luz
Maria Luz

Membro desde: 29/09/2014

Biografia: Amo escrever ... Escrevo quando sinto que tenho algo a dizer... Escrevo sobre tudo e sobre nada... Sobre o que me sai do  coração, do mais intimo do meu ser... E só escrevo quando me apetece pois vivo ao sabor das emoções, momentos e dos meus pensamentos...

Frase do Dia

Aquele pensa que sabe muito, mas não sabe de nada, e a sua ignorância é tanta que nem sequer está em condições de saber aquilo que lhe falta.

Autores populares