Coleção de Frases e Pensamentos de Maria Luz


1.002 frases


Maria Luz
Continuo a acordar, mas não da maneira que pensam. É o acordar para a transformação de uma pessoa melhor, de um mundo melhor… A minha vontade é enorme, sinto que todos os dias vou despertando um pouco, com uma informação ou outra que ouça ou leia, seja através das redes sociais, dos livros, e daqueles que são luz e que comigo privam… Há já algum tempo, que tomei consciência de que o mundo se prepara para uma transformação, e comecei a sentir-me parte integrante da mesma… Sei que essa transformação passa pelo Plano Divino, pois sinto dentro de mim uma mudança, uma voz que a todo o momento tenta mudar a minha maneira de ser e pensar, e sempre para melhor… A mudança pode ser ligeira, mas acredito que ninguém desperte totalmente assim tão rápido, mas está a fazer sentido para mim, pois sinto muito mais gratidão por todos, por tudo e a todo o instante, mais emoção e amor do que sentia pelas coisas, aliás pelo mundo e todo o ser que o habita… Agora creio e sinto que TUDO tem ALMA neste planeta, não são só os seres vivos, mas também os elementais, e os que não são vivos, mas como eu creio que todos nós passamos por todos os estados até chegarmos ao que somos hoje, sim TUDO tem alma para mim… Acredito em Anjos, e que tenho um como meu guardião, e como ajudante da minha evolução espiritual, e na moderação de meus hábitos menos bons para meu aprendizado… Sei, que ainda não estou no melhor, pois todos nós temos um grau evolutivo diferente de cada um, e eu sinto que ainda falta um pouco mas não há problema, pois tenho amigos iluminados e mais evoluídos que me têm ajudado com amor e por amor a subir um degrau de cada vez, até completar a lição da minha missão terrena… Acho que estou no bom caminho, e que cada passo dado, eu o faço com vontade e amor, pois quero muito alegrar o meu espírito e principalmente a Jesus!
Maria Luz
Precisava de ir embora, não porque me sentisse muito mal, ou me fizessem mal, nada disso. É que hoje, eu não era eu. Sei, que é difícil de entender, mas é verdade. Tem dias, que eu não sou eu.
Minha essência, fica fragilizada, umas vezes pela minha saúde, outras pelas energias que recebo. Quando é assim, pego no casaco, na carteira e vou embora. Vou por umas horas, mas já aconteceu serem alguns dias. Eu própria, torno-me ansiosa, perniciosa, nem comigo estou bem. Hoje, foi o que fiz, peguei no casaco, saquei da carteira e saí. Saí, em direcção ao lugar que mais me acalma, o mar, essa imensidão de água salgada.
Sentei-me na areia molhada, e deixei que a água salgada me cobrisse. Deitei-me, e ali fiquei um tempinho, depois dirigi-me a uma rocha grande, ladeada por outras, que mais parece uma gruta. Entrei, e deitei-me sobre a areia ainda húmida devido à maré cheia que tinha havido horas antes. É o meu lugar secreto, desde algum tempo, é onde eu gosto de estar, e sentir a tranquilidade sobre mim. É tão bom estar ali, sinto-me tão bem, que meus pensamentos começam a fluir com positividade. O que me havia “tocado” tinha-me deixado, tinha-me libertado… Meus pensamentos ganhavam asas, e sobre o mar se energizavam.
Tudo voltou à normalidade de imediato. E toda a energia negativa, que antes havia carregado sobre mim, indispondo-me e a alegria de mim afastava, ficou sobre o alto mar e no sal se dissolveram.
Fiquei ali deitada, por mais umas horas bem longas, aconchegada pela areia da praia, e resguardada pelas rochas fortes, e de vez em quando o mar “beijava” meus pés… O meu lugar secreto, é abençoado, pela Mão de Deus, onde boas energias vibram, onde o optimismo abunda, onde o aconchego é aprazível, e a paz flui. Ah, e a FÉ está sempre presente. A Fé é que nos salva. Peço a Deus Pai, que nunca me falte a FÉ na minha vida e muito menos no meu coração.

Maria Luz
Todos aqueles que me têm desejado a minha humilhação, o meu mal, e a minha queda, por incrível que pareça, disseram-se meus amigos, conviveram comigo de perto, intimamente… Estiveram na minha casa, comeram comigo á mesa, sentaram-se no meu sofá a rir, ou a ver um filme e a tomar um café, e provavelmente criticavam minha maneira de ser e de os atender…Ouviram os meus desabafos de momentos difíceis e de dor, deram-me palavras de conforto, quando no seu íntimo, a vontade era de que eu não ultrapassasse a situação… Deram-me abraços de força, e no íntimo deles a vontade era que a minha fraqueza continuasse… Diziam-me eles, que eu era uma mulher de sorte com a família nuclear que tinha e tenho, mas para outros criticavam minha família, meu viver, devido á maldade e á inveja que carregavam dentro do seu coração deteriorado… Estiveram comigo anos, a meu lado trilhando o mesmo caminho, de braço dado, beijo na face, aperto de mão, abraço apertado, carinho na face, limpeza de lágrimas de tristeza e de dor como de alegrias, e no fundo depois de os ter recebido na minha casa, lhes ter dado um lugar no meu coração, ter confiado, eis que me dou conta de que o que desejam é simplesmente a minha destruição… Fúteis e vazios que são, sem dó nem piedade, quanto mais coração, querem-me ver cair, estirada no chão, sem força para me erguer… Mas isso só se Deus me desamparar, porque com Ele eu tudo posso e TUDO aguento e é como Leandro Costa diz:
“"Quem muito julga, muito esconde. Quem muito condena, quer tirar de foco
seus erros e apontar o dedo para os erros dos outros. A quantidade de pedras que algumas pessoas têm na mão é proporcional ao tamanho da máscara que elas usam.

Maria Luz
Quando engravidei, senti-me a mulher mais sortuda do mundo…
E enquanto meu ventre crescia, a cada dia e mês que passava minha ansiedade crescia, e mais crescia. Meu coração parecia não aguentar a espera que era necessária, para aquele ser vir ao mundo. Todos os dias, eu acariciava meu ventre e falava com aquele ser que em mim se formava, dizendo-lhe o quanto o desejava ter em meus braços e enchê-lo de amor e beijos. Quando me levantava, dava-lhe os bons dias, e durante o dia cada vez que podia, acariciava-o através do meu ventre, e de vez em quando seu pontapé forte, dava-me sinal de que estávamos em consonância de afectos retribuídos.
E todas as noites, antes de me deitar enquanto cheirava suas roupinhas, e embalava seu berço ainda vazio de seu corpinho, eu dizia-lhe: -“ EU TE AMO TANTO MEU FILHO, ANSEIO PELA TUA CHEGADA”, e agradecia a Deus Pai, por me achar digna de poder ser mãe… Quando perdi meu primeiro filho, durante um tempo, pensei que não era merecedora de ser chamada de mãe. Quando voltei a alcançar de novo, foi uma explosão de alegria, e apesar de todo o risco previsto, até que não foi nada mau, não senhora.
Deus, cuidou de tudo, desta vez, para que nada falhasse e eu pudesse concretizar meu sonho. O sonho de poder acalentar meu menino em meus braços, de encontro ao meu peito, e beijá-lo vezes sem conta, e tê-lo sempre no meu regaço de amor, de conforto e tranquilidade… Ele nasceu, e minha vida floresceu. Eu renasci de novo, encontrei a alegria, a força do meu viver, e até hoje anseio pela sua companhia, seu gesto de carinho, seu beijinho, e seu chamar de mãe… E continuo a fazer-lhe carinhos, a estar sempre que precisa ou não, e a dizer-lhe vezes sem conta o quanto o AMO, pois dizer a um filho, o quanto o amamos nunca é demais a meu ver. E farei isso todos os dias, enquanto a vida me permitir.
Tudo isso porque o meu amor de Mãe, por ele é INFINITO!
Eternamente INFINITO!

Maria Luz
Maria Luz

Membro desde: 29/09/2014

Biografia: Amo escrever ... Escrevo quando sinto que tenho algo a dizer... Escrevo sobre tudo e sobre nada... Sobre o que me sai do  coração, do mais intimo do meu ser... E só escrevo quando me apetece pois vivo ao sabor das emoções, momentos e dos meus pensamentos...

Frase do Dia

O mundo é um livro, e aqueles que não viajam leem somente uma página.

Autores populares