Coleção de Frases e Pensamentos de Tainah Ferreira


116 frases


Tainah Ferreira
Falam do perdão, mas ignoram a continuação “vá e não peques mais”. Minha Bíblia está abarrotada de versículos pra mortificar o pecado, fugir das tentações, morrer e nascer de novo.

Falam do amor de Deus por nós, mas ignoram que para Ele se reconciliar com o homem, a coisa foi tão feia que precisou acontecer uma morte (Jesus). Isso porque Deus é SANTO e não suporta o pecado. Em qual parte da sua Bíblia Deus anula a santidade em nome do amor? Me mostre, pois na minha todos os atributos Dele andam juntos.

Falam de liberdade de expressão, mas só aceitam quem pensa igual. Serve eu te amar e não concordar em 100% das coisas com você (e vice versa)? Já saquei que não tá servindo, né. Então quem é o intolerante aqui, amor? Atitude contraditória pra quem defende tanto a diversidade, mas chama de legalista quem pensa diferente.

Sabe o que é fobia? É eu ser uma escrota que te trata mal, te difama, te ignora e te evita de todas as maneiras. Sabe o que é respeito? Eu te amar profundamente e me relacionar com você sem ser obrigada a aplaudir e ser conivente com todas as tuas atitudes (e vice versa).

Falam de inclusão com marginalizados pela burguesia e sim, eu concordo. Jesus deu um "baile" na patota farisaica. ELE VEIO PARA OS PERDIDOS! Mas esquecem que as pessoas mudavam de vida depois do encontro com Cristo. A prostituta deixava de ser prostituta. O amor confronta e transforma. A bajulação (e assimilação) torna cúmplice.

Pecado não deixou de ser pecado por contexto histórico. Ou vocês são tão "top", que conseguiram sacar a verdadeira interpretação bíblica só agora! Em pleno ano 2000! Caraca! Que "pala" Calvino, Lutero, Agostinho e cia deram. Falharam miseravelmente.

Quer discutir política? Manda vê. Mas quer falar da Bíblia? Leia antes, pra não usar o nome de Deus em vão e trechos fora de contexto, de maneira tendenciosa.

Tainah Ferreira
Foi então que recebemos dois mandamentos iniciais, que acabam sendo a base de todos os outros: Ame Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo. A incapacidade de cumpri-los só atesta do que somos feitos: um amor próprio doentio, que nos impede de ter ações desinteressadas. Fruto do pecado. Nenhum movimento seu e meu é feito sem que haja uma busca por prazer. Mesmo aqueles que se auto punem. Quem disse que não existe prazer na sofrência não é ou não conhece um melancólico.

É essa natureza egocêntrica que nos impulsiona a ignorar a existência de Deus no dia a dia (ou apenas se lembrar em momentos de extrema necessidade). E é esse pecado que nos faz encher as mãos de pedras e ter prazer em apedrejar o próximo, quase como um hobby. O que chama atenção não é apenas a crueldade nos atos e palavras, mas a atitude de se achar em condições de bombardear o outro, ignorando as próprias falhas.

Amor? O ser humano ama sim. Ama odiar. Seja um parente, um concorrente, um personagem ou um participante de reality show. Em nossas confortáveis cadeiras de juizes, verbalizamos impressões pessoais e soltamos vereditos. E na nossa constituição não existem palavras como recomeço, perdão, empatia, arrependimento, mudança. Mas existe um conceito tendencioso de “justiça”.

Seria muito inocente achar que os valores mudaram e hoje nos tornamos piores que ontem. Sempre fomos. O mundo dá voltas sim... em círculos. Não tem como ignorar os coros de “crucifica-o” dos dias atuais. A internet apenas nos colocou em um palanque.

Maldita serpente. Ficamos cegos. Ficamos secos. Perdemos o rumo da verdadeira felicidade. Vagueamos em busca de prazer e nunca estamos satisfeitos. Nada satisfaz. Nada preenche por completo. Vivemos de paleativos. Não conseguimos mais, por conta própria, enxergar A Fonte. Estamos nos afogando em nós mesmos.

Tainah Ferreira
Paulo de Tarso foi um dos maiores homens que já existiu. O admiramos, propagamos seus ensinamentos e queremos ser como ele. Mas não estamos dispostos a passar pelo que ele passou.

Era um judeu legalista, fanático e intolerante. Depois de ter um encontro com Cristo sua vida mudou completamente e ele se tornou um servo fiel e atuante de Deus. Se não me engano é o apóstolo que mais escreveu livros da Bíblia. Agora vem a questão: a mudança na vida de Paulo "pós Cristo" foi o que? Se tornou rico? Todo mundo o amava e o respeitava? Não passou mais por problemas? Pelo contrário. Foi preso, perseguido, açoitado, injustiçado. Passou fome e morreu de forma cruel. "Mas Deus não é amor? Ele não ama Seus filhos? Que incoerência é essa? Por que Ele não faz algo?" Ele faz. Ele já fez aliás. Nossa eternidade seria pior que isso, estávamos perdidos e sem solução. Somos herdeiros de uma escolha que aconteceu sei lá "quantos muitíssimos anos atrás" no Jardim do Éden, quando Eva e Adão escolheram desobedecer o único mandamento daquele lugar. Aliás, por caridade: não atire pedras em Adão e Eva. Você e eu teríamos feito a mesma coisa no lugar deles. Basta ver o que fazemos com mandamentos claros hoje em dia: o mesmo que eles - desobedecemos e escolhemos seguir nossas vontades e nosso senso de justiça. Mas (e esse "mas" é motivo de muita alegria), Deus, EM AMOR, providenciou a salvação através da morte e ressurreição de Jesus. Nosso futuro perdido e sem solução se transformou em esperança. E agora vem a parte que custamos a aprender: a esperança plena não é aqui. O que passamos de ruim na Terra é apenas uma gota, um átomo ou sei lá o que pode ser menor que isso, perto da alegria e paz INFINITAS que passaremos no céu. Paulo sabia disso.

Por piores que sejam as coisas que possamos passar, aprenda com Paulo: são passageiras. Faça como Paulo: coloque sua esperança no eterno.

Tainah Ferreira
Tainah Ferreira

Membro desde: 03/05/2014

Biografia: apenas uma pessoa cheia de pensamentos na cabeça. nada demais.

Frase do Dia

Matar não é tão grave como impedir que alguém nasça, tirar a sua única oportunidade de ser. O aborto é o mais horrendo e abjeto dos crimes. Nada mais terrível do que não ter nascido!

Autores populares