Frase de Juciane Afonso

Frase adicionada por Juciane em 26/03/2020


Imagem da Frase:



Observei-o com os olhos fechados,
Sonhando e gentilmente aninhado.
Cobri-o com palavras de amor,
De páginas infinitas e
texturas de tinta.
Protegi-o assim,
Do frio da indiferença,
Da maldade,
De tudo o que
Podia tê-lo magoado.
Palavras para aquecê-lo
Como um cobertor de infinito,
Palavras de mulher para o seu amado
Diferentemente iguais
Na poesia do gesto,
Na imensidão de uma
batida de coração.
De olhares como encantos ou suspiros,
Nunca iguais.
Estava no meu leito,
Estava no meu momento mais desejado,
Era minha necessidade. 
Eu o observava em seu sono
Eu sentia desejo, 
Meus pensamentos eram para ele acordar
Pois só o queria,
Tinha urgência em amar. (Juciane Afonso)
Mais frases de Juciane Afonso

Juciane Afonso
Juciane Afonso

Membro desde: 29/11/2018

Frase do Dia

O celular faz mal para a masculinidade: é cada vez menor, anda sempre dobrado, cai a ligação várias vezes e não funciona quando entra no túnel.

Autores populares