Frase de Carlos Drummond de Andrade


Imagem da Frase:



AUSÊNCIA 
 
 Por muito tempo achei que a ausência é falta. 
 E lastimava, ignorante, a falta. 
 Hoje não a lastimo. 
 Não há falta na ausência. 
 A ausência é um estar em mim. 
 E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços, 
 que rio e danço e invento exclamações alegres, 
 porque a ausência, essa ausência assimilada, 
 ninguém a rouba mais de mim. (Carlos Drummond de Andrade)
Mais frases populares de Carlos Drummond de Andrade

Sobre o Autor:
Carlos Drummond de Andrade
Carlos Drummond de Andrade


Nascimento: 31 de outubro de 1902

Morte: 17 de agosto de 1987 (84 anos)

Ocupação: Contista

Biografia: Carlos Drummond de Andrade foi um poeta, contista e cronista brasileiro.

Frase do Dia

Eu não falo de vingança nem de perdão, o esquecimento é a única vingança e o único perdão

Autores populares