Frase de Francisco Bugalho


Imagem da Frase:



Carícias 
 
 Carícias sábias minhas mãos buscaram 
 Por teu corpo em botão, alvorescente; 
 E meus lábios sonâmbulos pisaram 
 Branduras de veludo alvo e dormente. 
 
 Triunfos nos meus olhos despontaram, 
 E gritos de clarim e de trombeta 
 Em meus ouvidos sôfregos soaram, 
 Como cantos de amor dalgum poeta. 
 
 Ritmos de doçuras e quebrantos, 
 Corpos vergados, como dois acantos,. 
 Gritaram alto que era doce a vida. 
 
 Apertei-te na ânsia de perder-te. 
 E quando regressei, voltei a ver-te: 
 Vi-te ainda mais longe e mais perdida. 
 
 (Em C. Vide, 4 Jano 929) (Francisco Bugalho)
Mais frases populares de Francisco Bugalho
Frases Populares de outros autores
Sobre o Autor:
Francisco Bugalho
Francisco Bugalho


Frase do Dia

Se quisermos compreender alguma coisa, precisamos de nos dedicar ao silêncio.

Autores populares