Frase de Bocage


Imagem da Frase:



Liberdade querida e suspirada, 
 Que o Despotismo acérrimo condena; 
 Liberdade, a meus olhos mais serena, 
 
 Que o sereno clarão da madrugada! 
 Atende à minha voz, que geme e brada 
 Por ver-te, por gozar-te a face amena; 
 Liberdade gentil, desterra a pena 
 
 Em que esta alma infeliz jaz sepultada; 
 Vem, oh deusa imortal, vem, maravilha, 
 Vem, oh consolação da humanidade, 
 Cujo semblante mais que os astros brilha; 
 
 Vem, solta-me o grilhão da adversidade; 
 Dos céus descende, pois dos Céus és filha, 
 Mãe dos prazeres, doce Liberdade! (Bocage)
Mais frases populares de Bocage

Sobre o Autor:
Bocage
Bocage


Frase do Dia

Deixe-me ficar por aí, mas meu Deus, como é bonito Shakespeare, quem mais é tão misterioso como ele é, sua linguagem e método são como uma escova tremendo de emoção e ecstasy. Mas é preciso aprender a ler, assim como se deve aprender a ver e aprender a viver.

Autores populares