Frases e Pensamentos de Andrea Dworkin (15 frases)





Andrea Dworkin
Homens que querem ajudar as mulheres em nossa luta por liberdade e justiça deviam compreender que não é extraordinariamente importante para nós que eles aprendam a chorar; é importante para nós que eles parem os crimes de violência contra nós.
[Discurso pronunciado na Universidade Estadual de Nova Iorque, Stony Brook, em 1 de março de 1975. The Rape Atrocity and the Boy Next Door, cap. 4, Our Blood (1976)]
Andrea Dworkin
A genialidade de qualquer sistema escravista se encontra nas dinâmicas que isolam os escravos uns dos outros, que ocultam a realidade de uma condição comum, e tornam inconcebível a rebelião unida contra o opressor.
[Discurso pronunciado para a Organização Nacional para as Mulheres, Washington, DC, em 23 de agosto de 1975. Our Blood: The Slavery of Women in Amerika, cap. 8, Our Blood (1976)]
Andrea Dworkin
Toda dominação pessoal, psicológica, social e institucionalizada nessa terra pode ser remetida a uma mesma fonte original: as identidades fálicas dos homens.
[Discurso pronunciado na Universidade Estadual de Nova Iorque, Stony Brook, em 1 de março de 1975. "The Rape Atrocity and the Boy Next Door," cap. 4, Our Blood (1976)]
Andrea Dworkin
Pornografia é usada no estupro — para planejá-lo, para executá-lo, para coreografá-lo, para gerar a excitação em cometer o ato.
[Testemunho antes da Representação Geral da Comissão em Pornografia de Nova Iorque (1986)]
Andrea Dworkin
Sexismo é a fundação onde toda tirania é construída. Toda forma social de hierarquia e abuso é moldada a partir da dominação do macho sobre a fêmea.
[Discurso pronunciado na Faculdade de Boston em 5 de abril de 1975. Redefining Nonviolence, cap. 6, Our Blood (1976)]
Sobre o Autor:
Andrea Dworkin
Andrea Dworkin


Nascimento: 26 de setembro de 1946

Morte: 9 de abril de 2005 (58 anos)

Biografia: Andrea Rita Dworkin, foi uma escritora feminista norte-americana muito conhecida por sua ferrenha oposição à pornografia, que ela ligou ao estupro e outras formas de violência contra a mulher. Pacifista e anarquista no final dos anos 60, virou feminista radical depois de escapar de um casamento violento e começou a publicar livros sobre o feminismo radical na teoria e prática.

Frase do Dia

O amor é um mestre admirável que nos ensina a sermos o que nunca fomos; e, muitas vezes, com as suas lições, muda completamente, num instante, os nossos costumes.

Autores populares