Frase de Mário de Andrade


Imagem da Frase:




No fundo do mato-virgem nasceu Macunaíma, herói de nossa gente. Era preto retinto e filho do medo da noite. Houve um momento em que o silêncio foi tão grande escutando o murmurejo do Uraricoera, que a índia tapanhumas pariu uma criança feia. Essa criança é que chamaram de Macunaíma. (Mário de Andrade)
Link para blogs:
Mais frases populares de Mário de Andrade

Sobre o Autor:
Mário de Andrade
Mário de Andrade

Nascimento: 9 de Outubro de 1893

Morte: 25 de Fevereiro de 1945 (51 anos)

Ocupação: Escritor, musicólogo, folclorista, ensaísta

Biografia: Mário Raul de Morais Andrade foi um poeta, romancista, musicólogo, historiador, crítico de arte e fotógrafo brasileiro. Um dos fundadores do modernismo brasileiro, ele praticamente criou a poesia moderna brasileira com a publicação de seu livro Paulicéia Desvairada em 1922.

Frase do Dia

Os velhos doidos são mais doidos do que os novos.

Autores populares