Frase de Florbela Espanca


Imagem da Frase:




Por aquela tão doce e tão breve ilusão Embora nunca mais Depois de que a vi desfeita Eu volte a ser quem fui Sem ironia aceita A minha gratidão (Florbela Espanca)
Link para blogs:
Mais frases populares de Florbela Espanca

Sobre o Autor:
Florbela Espanca
Florbela Espanca

Nascimento: 8 de Dezembro de 1894

Morte: 8 de Dezembro de 1930 (35 anos)

Ocupação: Poeta

Biografia: Florbela Espanca, batizada como Flor Bela de Alma da Conceição Espanca, foi uma poetisa portuguesa. A sua vida, de apenas trinta e seis anos, foi plena, embora tumultuosa, inquieta e cheia de sofrimentos íntimos que a autora soube transformar em poesia da mais alta qualidade, carregada de erotização, feminilidade e panteísmo.

Frase do Dia

Meu coração se transforma a cada experiência. Mas ainda palpita, sobressalta e se assusta. Ainda é vulnerável como quando eu tinha dez anos.
Lya Luft

Autores populares